Momento Espírita
Curitiba, 24 de Setembro de 2020
busca   
no título  |  no texto   
ícone Sintonizando com o bem

      A sintonia de vibrações que alimentamos é responsável pela realidade que vivenciamos na Terra.

      Os que cultivamos pensamentos e sentimentos semelhantes, entramos, automaticamente, em sintonia, o que reforça a capacidade de realizações comuns.

      Em qualquer emissão de pensamentos e de sentimentos essa conexão se estabelece, não importando se positiva ou negativa.

      Portanto, a opção é sempre nossa.

      O que é bom, positivo, merece e deve ser pensado, refletido, anunciado, propagado.

      Nestes momentos, em plena pandemia, uma rede de supermercados, sem avisar, fez uma surpresa para todos os profissionais da saúde que chegavam com suas compras no caixa.

      Para todos eles, com horário especial, diferenciado, o total das compras somou zero. Tudo de graça!

      Naturalmente, surpresos, se emocionavam. Alguns chegavam às lágrimas.

      Esse ato de solidariedade e gratidão foi dos donos da Southeastern Grocers.

      Afirmou o presidente da empresa que profissionais de saúde e socorristas estiveram na linha de frente todos os dias, para tornar nossas comunidades mais seguras. Queremos agradecê-los.

      O interessante foi o registro do fato de o empresário afirmar que se baseou em outro ato de generosidade.

      E se referiu ao cineasta e ator Tyler Perry, que estabeleceu uma parceria para comprar mantimentos para carentes.

      Frisou Tyler a importância da positividade durante esse período de dor e necessidade, para espalhar esperança.

      Isso comprova o quanto podemos influenciar pessoas a partir de nossas atitudes positivas.

*   *   *

      Se o mal se dissemina no mundo, à custa de imitadores, exaltemos o bem que igualmente contagia e tem muito mais poder.

      Através do pensamento comungamos uns com os outros, em plena vida universal.

      Nossos pensamentos são energias que viajam em ondas pelo espaço.

      Onde encontram outro pensamento similar fazem conexão, por estar na mesma frequência.

      É dessa forma que nos aproximamos uns dos outros: a sintonia pelos mesmos gostos, ideais, a forma de encararmos o mundo.

      Quando pensamos no bem, fazemos conexões com quem deseja o bem, sentimo-nos apoiados e temos condições de produzir mais.

      Produzimos coisas positivas, podendo incentivar outros a nos seguirem.

      Nestes tempos, em que tantos respiram pessimismo e muitos parecem fazer questão de passar adiante as notícias mais alarmantes, façamos a diferença.

      Esforcemo-nos por encontrar as boas notícias, os gestos de abnegação, de renúncia e os anunciemos, passando adiante.

      Sirvamo-nos de mensagens de otimismo, bom ânimo e enviemos a quem está só, confinado em seu lar, sem a possibilidade de sair, de passear, carente de contato humano.

      Aqueçamos os corações com nossas palavras de aconchego. Sejamos os que destoem do comum das pessoas. Esmeremo-nos na divulgação do bem. Espalhemos esperança porque, não esqueçamos, sempre depois da noite mais negra, o amanhecer rompe a escuridão e permite que brilhe o sol.

      Seja o nosso contágio o do bem, das palavras de conforto, das ações que amparam.

Redação do Momento Espírita, com
base em fato descrito no site
 www.sonoticiaboa.com.br.
Em 5.9.2020.

 

Escute o áudio deste texto

© Copyright - Momento Espírita - 2020 - Todos os direitos reservados - No ar desde 28/03/1998